MARTINS PENA

Martins Pena, fundador da comédia de costumes, foi pioneiro em introduzir a linguagem coloquial no teatro brasileiro, que ajudou a fundar. Usava a sátira para criticar a Igreja e os políticos. Órfão ainda criança, foi criado por tutores e incentivado a estudar artes comerciais, literatura, música, pintura, teatro e idiomas. Tuberculoso, quando voltava da Inglaterra para o Brasil, morreu em Lisboa, em 1848.

2021 © EDITORA DCL - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.​