ADOLFO CAMINHA

Adolfo Caminha, apesar de abolicionista e republicano em plena monarquia escravocrata, se formou na Escola da Marinha, ambiente em que situou o homossexual de seu romance naturalista Bom-crioulo. Cearense, nasceu em 1867 e teve uma infância difícil após a morte da mãe. Ao se apaixonar por uma mulher casada, escandalizou a sociedade, saindo da Marinha. Escreveu poemas, contos, artigos e romances. Morreu em 1897.

Ótima escolha. Ótima leitura

AVENIDA MARQUES DE SÃO VICENTE, 1619

26º ANDAR, CONJ. 2612

BARRA FUNDA – SÃO PAULO -SP​

(11) 3932-5222

2021 © EDITORA DCL - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.​