Pontuação
Pontuação é a parte da ortografia que trata dos sinais ortográficos ou sinais de pontuação, destinados a indicar a pausa e as inflexões da voz, para discriminar elementos sintáticos da frase, com vistas à clareza e às modulações da leitura. Existem várias normas para o devido uso desses sinais. A má pontuação constitui sério erro de estilo contra a clareza.
 
2) Não deve ocorrer vírgula:
A) entre verbo e sujeito;
B) entre verbo e complementos verbais;
C) antes de “e”, “nem”, “ou” (salvo casos previstos); e
D) antes de orações subordinadas substantivas.
 
3) Devem vir entre vírgulas:
A) vocativo;
B) aposto;
C) os adjuntos adverbiais (para assinalar a inversão ou para realçá-los);
D) as orações intercaladas;
E) as orações subordinadas adjetivas explicativas;
F) expressões explicativas (isto é, a saber, por exemplo, a meu ver, na minha opinião, verbi gratia, ou melhor, quer dizer, ):
G) conjunções coordenativas adversativas, quando pospostas (mas, porém, contudo, entretanto, todavia, etc.):
 
4 Devem vir precedidos de vírgula:
a) os elementos em orações coordenadas assindéticas;
b) as datas e os endereços;
c) as orações subordinadas adverbiais e adjetivas restritivas (em geral), se as quisermos realçar;
d) a indicação da elipse de um termo;
e) as orações subordinadas reduzidas de gerúndio e particípio;
f) as orações principais pospostas;
G) antes de “e”, quando as orações apresentarem sujeitos diferentes, ou quando o “e” se repetir;
H) os elementos paralelos de um provérbio;
I) em construção com termos pleonásticos;
J) quando se suprimir, intencionalmente, o verbo.