O desenvolvimento da Sociologia
A Sociologia moderna orienta-se sobre todos os agentes sociais que provocam profundas modificações na sociedade. Como ciência, tem duplo valor: pode aumentar o conhecimento que o ser humano tem de si mesmo e da sua sociedade e pode contribuir para a solução de problemas que ele enfrenta.
 
Grupo social é toda reunião de duas ou mais pessoas associadas pela interação.
Os principais grupos são classificados como: família, vizinhança, escola, religião, profissão, lazer e política. Esses grupos podem ser primários, secundários e intermediários.

 
Agentes da socialização
Dentre os vários agentes da socialização, podemos listar a família, a escola, a empresa e o sindicato.
 
FAMÍLIA
É um grupo primário, pois articula-se por meio de um elemento emocional ou afetivo.
Permite e possibilita as relações sexuais, legitima a reprodução, responsabiliza-se pela socialização entre o casal dos filhos e coopera economicamente com seus membros.
A família é o primeiro agente de socialização da criança, que por ela interioriza a estrutura de poder social. Esse processo cria uma posição de dependência e necessidade dos adultos.
É nesta instituição que a criança aprende os códigos e normas sociais; também aprende o uso da linguagem, que é um fator socializante muito importante.
A aceitação passiva do código dos pais dura até aproximadamente os sete anos de idade. É aí que a criança entra em uma nova relação social com crianças de sua mesma idade.
Esse é o primeiro passo para a autonomia e tomada de consciência da moral individual.
 
ESCOLA
Seu objetivo principal é transmitir e fomentar a cultura em seu sentido mais amplo.
A escola continua sua tarefa socializadora, iniciada na família.
O sistema educativo tem muita importância na continuidade ou descontinuidade do sistema social.
A escola é a instituição na qual as relações tendem a ser mais igualitárias entre os indivíduos.
A criança se identifica com as metas e atitudes que compartilha com o grupo escolar.
Essa prática facilitará, posteriormente, a relação do indivíduo com outros grupos e pessoas.
 
GRUPOS DE IDADE
Os grupos de idade copiam a estrutura do meio social em que vivem e reproduzem-na em suas associações.
Há três tipos de grupos de idade, sendo que um deles tem como objetivo a socialização.
No de terceiro tipo, são as associações que levam a cabo esse processo de maneira indireta.
Um grupo que está adquirindo grande importância na sociedade industrializada é a cultura dos adolescentes.
 
AMBIENTES DE SOCIALIZAÇÃO 
São subdivisões da Sociologia em urbana, rural e da comunidade local.
O grupo racial, cultural e a classe social a que um indivíduo pertence são tipos de ambiente, são os chamados meios de origem.
Um exemplo disso é a reprodução dos valores da classe média pelos meios de comunicação.
 
CONSENSO E CONDUTA SOCIAL 
Consenso social é o acordo que mantém os membros de um grupo respeitando as normas que os regem. São duas atitudes que caracterizam o consenso social: a conduta social de conformidade ou de marginalidade.
Uma conduta social de desconformidade (ou anomia, conceito desenvolvido por Durkheim, em seu estudo sobre o suicídio) traduz a incapacidade que sofre o indivíduo de orientar sua conduta ao entrar em conflito com as normas e valores por ele interiorizados com os da sociedade.
Um fator importante para que se dê a anomia é que essa impossibilidade de satisfação se produza em uma sociedade em que se pregue a igualdade de oportunidades.
Em geral, as sociedades ocidentais lidam com desvios de comportamento (crimes) como um tipo de anomia social que deve ser punida pelo sistema carcerário.